Escola Jaya de Yoga

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Segurança Financeira em Prol da Paz de Espírito

E-mail Imprimir PDF

De fato, o dinheiro não traz felicidade. Família, saúde, amizade, entre outras coisas, são muito mais valiosos do que o saldo da conta bancária. Sem ter como e com quem desfrutar desta condição econômica favorável, sua existência perde o sentido. Porém, não se pode negar que a estabilidade financeira pode fortalecer as bases de sustento para nós e nossos entes queridos, bem como prover meios de vida que possibilitem seu usufruto.

No sistema capitalista, sob o qual vivemos, o dinheiro acaba tornando-se ferramenta imprescindível de sobrevivência. Contas, impostos, produtos e serviços fazem parte do nosso dia-a-dia, sendo quase impossível viver alheio a este processo. Sem condições financeiras para sustentar tais despesas, ficamos fadados a viver à margem da sociedade. Como conseqüência, o indivíduo compromete o próprio bem estar, bem como de sua família, gerando consequências negativas em sua saúde psicológica - gerando quadros de stress, depressão etc. -  e física - com o aparecimento dos mais diversos tipos de doença decorrente das mazelas emocionais e da própria falta de recursos para não ter que depender da falha saúde pública brasileira.
Está comprovado que, quando existe um empenho do indivíduo, é possível alcançar com êxito a segurança financeira almejada, que pode ser obtida de acordo com os mais diversos objetivos individuais: a casa própria, recursos para oferecer boas condições de estudos para os filhos, uma aposentadoria confortável, etc. Esta condição não está necessariamente ligada a situação financeira atual.
Porém, dificilmente é possível obter segurança financeira por meio de obra do destino, como um bilhete premiado da mega sena ou mesmo uma herança de um parente abastado. Desta forma, a maioria das pessoas deve buscar seu conforto financeiro através um planejamento do mesmo.
Uma forma de buscar a estabilidade financeira é o investimento, caracterizado, por exemplo, pelos fundos de investimentos e compra de ações. Mesmo as chamadas contas poupança são uma forma de investir o seu dinheiro. Mas, é recomendado, antes de decidir qual o tipo de investimento seguir, definir claramente quais são os seus objetivos – e o prazo de obtenção dos mesmos: aposentadoria tranquila? comprar um carro? adquirir a casa própria? etc.
Além disso, é fundamental conhecer qual é a sua receita (dinheiro que você ganha) e, claro, as suas despesas – para que essa conta seja um importante ferramenta neste processo, faz-se necessário listar absolutamente todo dinheiro que entra e sai de sua conta e/ou bolso. Com o conhecimento desta duas informações, as metas do seu plano financeiro podem ser delineadas, tornando o processo de investimento mais claro, inclusive para decidir-se qual deve ser adotado (conta poupança, fundos de investimentos, ações, imóveis etc.). Também é preciso estar atento, sempre, aos riscos de mercado inerentes a todo e qualquer investimento – variando sua intensidade de acordo com suas características específicas.
Após todo o esforço despendido, investir será uma prática mais fácil e prazerosa, já que ao seu final, você será merecidamente recompensado com o retorno positivo. E o como resultado uma vida mais saudável física e emocionalmente para você e quem o cerca.

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar