Escola Jaya de Yoga

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Os Yamas

E-mail Imprimir PDF

A palavra Yama é oriunda da raiz Yam, que significa ter sob controle, refrear, domar... Ela se refere à necessidade dominar os impulsos naturais, os quais são inerentes a todos os seres vivos e que são comuns tanto no homem quanto nos animais. Estes refreamentos não são exclusivos dos Yoguis, pois de certo modo todos os membros de uma sociedade devem praticá-los. Contudo, o praticante deste "Anga" etapa do Yoga de Patañjali, deve buscar a perfeição desta prática, o que requer uma extraordinária coragem. Eles são cinco ao todo: Ahimsa (não violência), Satya (verdade), Asteya (não roubar), Brahmacharya (estudo religioso, celibato e autodisciplina) e Aparigraha (não possessividade). Estas regras de conduta transcendem crença religiosa, etnia, país, idade do indivíduo ou época. Quando quebradas estas regras elas conduzem tanto o indivíduo quanto a sociedade pertencente a este, ao caos, a mentira, a violência, ao roubo, a ambição e a dissipação. Na origem destes problemas estão sentimentos de cobiça, apego e desejo os quais podem variar na intensidade. O sábio Patañjali orienta a mudar a forma de pensar a fim de atacar estes males que afetam todas as pessoas.


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar