Escola Jaya de Yoga

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Os Kleshas

PDF

Os Kleshas são fatores de servidão, que segundo a visão do Yoga tem sua base na ignorância ou desconhecimento. Essa ignorância aprisiona a criatura humana fundamentada em um erro metafísico e de natureza intelectual. Que consiste na incapacidade de discernir o Espírito, da Natureza,  ou em sânscrito, Purusha de Prakrti respectivamente. Esse equívoco assumirá formas concretas conduzindo a criatura humana a um movimento de atividade psíquica. As formas ativas de ignorância ou desconhecimento são: Asmita que significa sentimento de individualidade ou Ego.

 

Esse aspecto da ignorância considera o que não é o Eu como sendo este. Proporciona a identificação do Eu com os instrumentos de cognição, onde Buddhi (o intelecto), princípio cognitivo interior é o primeiro. Por isso que se acredita “sou eu que faço”, “sou eu que aprendo”, “sou eu que morro” etc. Essa identificação antecede a todas as outras mudanças mentais e a todas as atitudes advindas destas, com isso, o egoísmo é gerado.

Raga é o apego, que é outro aspecto da ignorância, no qual há por parte do praticante uma identificação com as experiências prazerosas. Essas experiências produzem marcas no psiquismo, onde o agradável prevalece, estando relacionado aos objetos que proporcionaram tal sensação. Dvesha é a aversão, que é um aspecto da ignorância onde o foco psíquico está em sentir prazer por estados penosos ou miseráveis. Tanto o entristecimento diante do fracasso, quanto à euforia diante do sucesso, devem ser evitados. De outra forma, mediante essa experiência inicial desenvolver-se-ia um sentimento de oposição, resistência ou vingança.

Abhinivesha é o medo da morte ou o apego exacerbado a vida. Esse sentimento é inerente a todos os seres, onde a permanência ou a vida eterna é o objetivo. Esta preocupação faz-se presente até nos menores seres desde os primeiros momentos de vida. Nesse fator de servidão percebe-se que independente de experiências ou até mesmo de um trabalho educacional o medo persiste. Levando a conclusão de que esta experiência, já vivida anteriormente, a qual produziu sofrimento fazendo com que a criatura não queira repeti-la. O que vem a confirmar o processo chamado de reencarnação. Esse caráter doloroso da morte são impress ões latentes que se manifestam, nos mais variados seres. Contudo, o apego a vida é ignorância, pois tudo é transitório e não permanente. O medo da extinção é ignorância, pois na realidade o espírito é imortal.

Essas fontes de aflição ou Kleshas são sempre dolorosas na visão do Yoga, já que todas as experiências são agradáveis, desagradáveis ou neutras. A maior parte dos seres foge da infelicidade e busca incessantemente a felicidade.

 

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar