Escola Jaya de Yoga

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

A Prática Pessoal

PDF

A cada dia surgem mais e mais pessoas perguntando como conseguir tempo para a prática do Yoga. Esse é um questionamento válido, pois nas grandes cidades cada vez se tem menos tempo. Nossas vidas têm sido inundadas de compromissos de toda espécie, quer sejam de trabalho quer sejam pessoais. Contudo, devemos refletir sobre a velocidade cada vez maior imposta às coisas do cotidiano decorrente da tecnologia. Isto se percebe nos carros, na comida, nos computadores... A pergunta que devemos fazer agora é, se toda essa tecnologia existe para termos mais tempo, por que não o temos? Parece que algo está errado! O Yoga nos ensina a nos respeitarmos através do seu código de ética, Yamas e Niyamas, portanto, a fim de não atropelarmos a individualidade de cada pessoa, o praticante ou aspirante a praticante deve se incumbir de sua própria rotina no tocante ao tempo, lembrando que o primeiro dos Yamas é Ahimsa, a não violência, e que esta deve começar conosco.

Há pessoas que conseguirão esse tempo pela manhã, outras à tarde e outras à noite. De qualquer forma, o importante é não se afastar da busca pessoal em função dos excessivos compromissos agregados. Praticamente todas as línguas no mundo possuem a palavra NÃO, sim, esta palavra deve ser usada quando necessário sem nenhum constrangimento ou sentimento de impotência, já que de um modo geral nós aceitamos mais incumbências do que o tempo permite. Esse tempo deve incluir não apenas a nossa prática diária de Yoga, mas outras atividades prazerosas tão necessárias para o nosso desenvolvimento. Propositalmente, não direi coisa alguma sobre o horário mais adequado ou menos adequado, pois a questão aqui é o praticante se conscientizar de que é responsabilidade dele o ter ou não tempo e que a qualidade de vida dele depende desse tempo.

Com relação à prática pode-se usar uma estratégia bem simples, tão simples quanto subir uma escada. Comece a prática com poucas posturas e que estas não ultrapassem 15 minutos diários, inclua extensões da coluna, torções (somente sem hérnia de disco), flexões para frente e para trás. Adicione também uma respiração feita no abdômen. A receita é disciplina diária e paciência, pois no começo o corpo manifestará algum inco modo, mas já na segunda semana você se sentirá mais flexível. Nesse momento procure desenvolver o prazer pela prática e naturalmente você constará que a cada semana você conseguirá mais tempo e então, gradativamente, passe aos 20 minutos, depois aos 30 minutos e logo você estará dispondo de uma hora ou mais para sua prática pessoal. Busque uma rotina dentro de sua vida, pois será muito benéfico. A continuidade lhe trará resultados de fato, já prática esporádica só lhe proporcionará frustração e até alguma contusão.


Boa prática!



 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar